Isotermas de adsorção e calor latente de vaporização de grãos de milho

Samuel Gonçalves Ferreira dos Santos, Hellismar Wakson da Silva, Juliano Silva Queiroz, Renato Souza Rodovalho, Valdoméria Neves de Moraes Morgado

Resumo


As isotermas de adsorção podem ser definidas como a relação entre a atividade de água e umidade do grão em temperatura específica e servem como parâmetros para estabelecer condições adequadas de temperatura e umidade relativa de armazenagem. O objetivo deste trabalho foi determinar e modelar as isotermas de adsorção dos grãos de milho nas temperaturas do ar de 40, 50 e 60 ºC e atividade de água entre 0,11 e 0,81, bem como determinar o calor latente de vaporização da água. Para isso, os experimentos de sorção foram realizados pelo método estático gravimétrico em câmara tipo BOD, com o uso de soluções salinas saturadas. Diversos modelos matemáticos foram ajustados aos dados experimentais e a seleção do melhor modelo foi realizada por critérios estatísticos. O modelo Henderson Modificado é o que melhor representa as isotermas de adsorção dos grãos de milho nas condições estudadas. Os valores do calor latente de vaporização dos grãos de milho, com teores de água de 0,026 a 0,172 (b.s.), variaram de 3030,22 a 2567,92 kJ kg-1. O aumento da umidade nos grãos acarreta menores valores de calor latente de vaporização.


Texto completo:

ARTIGO COMPLETO - FULL TEXT


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2020v48n1p17-24