Germinação de sementes de Ormosia arborea (Vell.) Harms submetidas a diferentes tratamentos pré-germinativos

Marco Antonio Marques, Teresinha de Jesus Deléo Rodrigues, Rinaldo Cesar de Paula

Resumo


Ormosia arborea, populamente conhecida como olho-de-cabra, é uma espécie de porte arbóreo pertencente à família Fabaceae (Leguminosae). Encontra-se em vias de extinção, em conseqüência das contínuas devastações de florestas nativas. A produção de mudas desta espécie é dificultada pela baixa porcentagem de germinação de suas sementes, em razão de o tegumento ser muito duro. O presente estudo foi desenvolvido para avaliar a eficiência de tratamentos pré-germinativos para superar a dormência tegumentar. O experimento consistiu de cinco tratamentos pré-germinativos (escarificação com lixa; escarificação com ácido sulfúrico; imersão das sementes em água por 24 horas; imersão das sementes em água por 48 horas, e controle) combinados com quatro substratos (entre papel; entre areia; entre vermiculita; esfagno). Os substratos foram umedecidos com suspensão de nistatina (0,2%). Todas as sementes foram tratadas com o fungicida Thiram. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições de 25 sementes. As sementes que não receberam tratamento pré-germinativo e as que foram imersas em água, por 24 e 48 horas, não germinaram. Os valores das porcentagens de germinação das sementes escarificadas com lixa e com ácido sulfúrico, respectivamente, foram: entre papel: 96,67 aos 8 dias após a semeadura (DAS) e 97,33 aos 27 DAS; entre areia: 65,33 aos 27 DAS e 90,67 aos 22 DAS; entre vermiculita: 92,00 aos 27 DAS e 90,67 aos 27 DAS; esfagno: 98,67 aos 20 DAS e 97,33 aos 8 DAS.Palavras-chave adicionais: dormência; escarificação; olho-de-cabra; substratos para germinação.

Texto completo:

artigo completo - pdf


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2004v32n2p141-146