Desempenho agronômico de acessos de mandioca de mesa em área de Cerrado no município de Unaí, região noroeste de Minas Gerais

Eduardo Alano Vieira, Josefino de Freitas Fialho, Luiz Joaquim Castelo Branco Carvalho, Juaci Vitoria Malaquias, Francisco Duarte Fernandes

Resumo


A região noroeste de Minas Gerais apresenta como característica o grande número de propriedades rurais de agricultura familiar. Nessa região, o cultivo de mandioca de mesa apresenta potencial para expansão em razão da rentabilidade e da proximidade do município ao mercado consumidor do Distrito Federal. Entre­tanto, o cultivo da mandioca na região ocorre com baixo emprego de tecnologias. Dessa forma, o objetivo do estudo foi determinar o desempenho agronômico de oito acessos-elite de mandioca de mesa no municí­pio de Unaí-MG. Os experimentos foram conduzidos entre novembro de 2010 e março de 2012 (safra 2010/2012), e entre novembro de 2011 e março de 2013 (safra 2011/2013), em área experimental da Es­cola Agrícola de Unaí. O delineamento experimental empregado foi o de blocos completos, com tratamento casualizados, com três repetições. Foram documentadas informações da altura da primeira ramificação, da altura da planta, do peso da parte aérea, da produtividade de raízes tuberosas, da porcentagem de amido e do tempo de cocção das raízes. Os dados foram submetidos à análise de variância individual e conjunta, e ao teste de agrupamento de médias. Os resultados revelaram que: i) os acessos diferiram quanto a todas as características avaliadas; ii) o fator safra influenciou sobre o desempenho dos acessos quanto a todas as características avaliadas, exceto altura da planta; iii) todos os acessos avaliados apresentaram potencial agronômico para cultivo na região; e iv) o acesso BGMC 751 (BRS Japonesa) revelou elevado desempenho agronômico, com destaque para produtividade e tempo de cocção das raízes tuberosas.

 

Palavras-chave adicionais: aipim; competi­ção de cultivares; macaxeira; Manihot esculenta Crantz; melhoramento genético


Texto completo:

ARTIGO COMPLETO


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2015v43n4p371-377