Amostragem de solo para determinação de atributos químicos e físicos em área com variação nas formas do relevo

Zigomar Menezes de Souza, José Marques Júnior, Gener Tadeu Pereira, Rafael Montanari, Milton César Costa Campos

Resumo


Em uma paisagem natural, os solos apresentam uma ampla variação dos atributos químicos e físicos, tanto vertical como horizontal, resultante da interação dos diversos fatores de formação envolvidos. Este trabalho foi desenvolvido em Jaboticabal-SP, com o objetivo de avaliar a variabilidade e o número mínimo de subamostras de solo para caracterização de atributos químicos e físicos em um Latossolo Vermelho eutroférrico (LVef) sob cultivo de cana-de-açúcar. As amostras para análises química e física foram coletadas no compartimento I (linear) e compartimento II (linear, côncavo e convexo), em uma malha quadrada de 50 pontos em cada compartimento, na profundidade de 0,0-0,2 m. Para uma variação de 0% em torno da média, os valores das variáveis pH, matéria orgânica, CTC, porosidade total, microporosidade, densidade do solo, argila, silte e areia podem ser obtidos utilizando-se de baixo número de subamostras (< 5). Para as variáveis H+Al, V% e resistência do solo à penetração, é necessário um número de subamostras variando entre 5 a 30, e as variáveis P, K, Ca, Mg, macroporosidade e condutividade hidráulica saturada necessitam de um número de subamostras alto (> 30). Todos os atributos estudados apresentaram maior variabilidade e, conseqüentemente, maior número de subamostras no compartimento II em relação ao compartimento I.Palavras-chave adicionais: krigagem; cana-de-açúcar; Latossolo.

Texto completo:

Artigo completo - PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2006v34n2p249+-+256