Avaliação agronômica e de sanidade em genótipos de milho no sul do Tocantins, em duas épocas de semeadura

Edmar Vinícius de Carvalho, Flávio Sérgio Afférri, Michel Antonio Dotto, Átila Reis da Silva, Aurélio Vaz de Melo, Rodrigo Bruschi Capellesso

Resumo


Através das pesquisas desenvolvidas por meio de instituições idôneas é possível recomendar grupos de cultivares de milho, ou qualquer outra cultura, mais adaptados à determinada região. Com esse intuito foi realizada a avaliação de 27 cultivares comerciais de milho plantados em duas épocas (começo de dezembro e final de janeiro) quanto a produtividade, a incidência de doenças e o ataque da lagarta do cartucho no município de Gurupi-TO. O experimento foi instalado no Campus Universitário de Gurupi da Universidade Federal do Tocantins, localizado no sul do Estado do Tocantins. A colheita da primeira época de plantio aconteceu no dia 17 de março de 2009 e a da segunda época 21 de abril de 2009. Os caracteres avaliados foram: Altura de plantas; Altura da inserção da primeira espiga; Diâmetro de espiga; Comprimento de espiga; Peso da espiga com palha; Produtividade de grãos; Severidade de doenças e Avaliação do Ataque da Lagarta do Cartucho (AALC). As doenças e o ataque da lagarta do cartucho, ocorridos durante os experimentos não afetaram de maneira negativa a produtividade. Na primeira época, plantio realizado em dezembro/2008, as cultivares comerciais tiveram a maior produtividade.

Palavras-chave


produtividade; doenças; pragas; híbridos; introdução

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2010v38n1%2F2p39+-+49