Resposta de cultivares de trigo e triticale ao nitrogênio no sistemade plantio direto

Disnei Amélio Cazetta, Domingos Fornasieri Filho, Orivaldo Arf

Resumo


O trabalho foi realizado no município de Selvíria (MS), que apresenta precipitação média anual de .370 mm e temperatura média anual de 23,5 ºC, sob Latossolo Vermelho distrófico típico argiloso. O objetivo foi avaliar o efeito de diferentes doses de N em cobertura sobre as características agronômi­cas de cinco cultivares de trigo e um de triticale em sistema de plantio direto. Utilizou-se o delinea­mento experimental em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, com 30 tratamentos, constituí­dos pela combinação de seis cultivares nas parcelas, sendo cinco cultivares de trigo (IAC 364; IAC 370; Embrapa 22; BRS 20 e BRS 207) e um de triticale (IAC 3), e cinco doses de N em cobertura (0; 30; 60; 90 e 20 kg ha-) nas subparcelas, com quatro repetições. Verifica-se que as cultivares de trigo e de triticale apresentam viabilidade para serem inseridas no sistema de rotação de culturas na região de cerrado com baixa altitude, no período de inverno com irrigação; a adubação nitrogenada em cobertura incrementa o rendimento de grãos; a dose ótima de N para a máxima eficiência econô­mica é de, aproximadamente, 38 kg ha-, com rendimento de grãos de 3.48 e 2.872 kg ha-, nas safras de 2004 e 2005, respectivamente. Palavras-chave adicionais: Triticum aestivum; Triticosecale; irrigação; adubação.

Texto completo:

Artigo Completo - PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2007v35n2p155+-+165