Efeito da aplicação de biofertilizante líquido no desenvolvimento do sorgo irrigado com água salobra

Robson Alexsandro de Sousa, Claudivan Feitosa de Lacerda, Emerson Moreira de Aguiar, Sidney Carlos Praxedes

Resumo


Com o objetivo de avaliar os efeitos da salinidade da água de irrigação e doses de biofertilizante, sobre o desen­volvimento de plantas de sorgo [Sorghum bicolor (L.) Moench.] cv. BRS Ponta Negra, desenvolveu-se este trabalho em casa de vegetação. As plantas foram cultivadas em vasos contendo 23 kg de solo arenoso. Foram testados quatro níveis de salinidade: 0,2; 2,0; 4,0 e 6,0 dS m-1. Para a obtenção dos níveis de salinidade, utilizou-se da água de açude adicionada com sais de NaCl, CaCl22H2O e MgCl26H2O, na proporção de 7:2:1. As doses de biofertilizante foram 75; 150; 225 e 300 L ha-1. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições, em esquema fatorial 4 x 4. Foram avaliadas as seguintes variáveis: massa seca total; diâmetro do colmo; altura das plantas; área foliar total; suculência foliar; massa específica foliar; teores de sódio, potássio, cloro, cálcio, magnésio e fósforo, nos colmos + bainhas e limbos foliares; teores de prolina e carboidra­tos nas folhas. Todas as variáveis analisadas foram afetadas negativamente pelo aumento da salinidade da água de irrigação. O aumento da concentração de biofertilizante, nos limites empregados no presente estudo, não minorou os efeitos da salinidade no crescimento de plantas de sorgo.


Texto completo:

ARTIGO COMPLETO - FULL TEXT


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2018v46n4p380-397