Aplicação em cobertura de complexo hidrossolúvel na formação de mudas de maracujazeiro-azedo

Mauro Brasil Dias Tofanelli, Jair Fernando Kogeratski, Rodrigo Teles dos Santos, Jéssica Domingues Schafhauser

Resumo


Mudas vigorosas e bem formadas são imprescindíveis para o sucesso da fruticultura. O maracujazeiro-azedo é uma das principais frutíferas tropicais cultivadas no Brasil e é propagado convencionalmente por sementes, porém nem sempre suas mudas atingem desenvolvimento ideal no momento da implantação da cultura. O uso de um produto alternativo como fonte de nutrientes minerais para potencializar o crescimento e o desenvolvimento das mudas favoreceria sua formação e, consequentemente, seu sistema de produção. Este trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento e o desenvolvimento de mudas de maracujazeiro-azedo submetidas à aplicação de fonte de nutrientes minerais alternativa. Para isso, mudas de maracuja­zeiro-azedo foram formadas em tubetes e acondicionadas em estufa plástica entre os meses de julho e outubro de 2012. O complexo hidrossolúvel (CH) foi aplicado em cobertura mediante irrigação quinzenal com soluções em suas respectivas concentrações de 0; 500; 1.000 e 2.000 mg L-1 sobre as mudas, na presença ou na ausência de adubação química. Aos 80 dias após a semeadura, foram efetuadas as avalia­ções das características altura, diâmetro do colo, número de folhas, comprimento de raiz e massas das matérias fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular. O CH favoreceu a qualidade das mudas de maracujazeiro-azedo, especialmente na promoção de melhores resultados em altura e massas das matérias fresca e seca da parte aérea, na concentração de 2.000 mg L-1, porém a adubação química foi importante para sua formação.

 

Palavras-chave adicionais: crescimento; fertilização; maracujá; Passiflora edulis; propagação.


Texto completo:

ARTIGO COMPLETO - FULL TEXT


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2016v44n2p196-206