Determinação do ponto de colheita na produção de sementes de pimenta malagueta e alterações bioquímicas durante o armazenamento e a germinação

Franciele Caixeta, Édila Vilela de Resende Von Pinho, Renato Mendes Guimarães, Pedro Henrique Andrade Rezende Pereira, Hugo Cesar Rodrigues Moreira Catão, Aline da Consolação Sampaio Clemente

Resumo


O ponto de colheita interfere na qualidade das sementes, sendo que em espécies com frutos carno­sos e maturação desuniforme, existe dificuldade na definição do mesmo. Objetivou-se avaliar a dormência em sementes de pimenta malagueta em três estádios de maturação durante o armazena­mento, visando à determinação do melhor ponto de colheita e semeadura, e também avaliar altera­ções enzimáticas durante o processo de germinação das sementes processadas em diferentes está­dios de maturação, durante o armazenamento. As sementes foram extraídas manualmente de frutos em três estádios de desenvolvimento: E1 (frutos com primeiros sinais de amarelecimento), E2 (frutos maduros) e E3 (Frutos maduros e submetidos a sete dias de repouso). Após a secagem as sementes com 8% de teor de água foram armazenadas em câmara fria por períodos de 0, 4 e 8 meses. Após estes períodos a qualidade das sementes foi avaliada por meio dos testes de germinação, vigor e ati­vidades enzimáticas. Para a avaliação da atividade das enzimas, durante a germinação das semen­tes, de cada tratamento, as sementes de cada tratamento foram amostradas, por períodos de 0, 48, 96 e 144 horas após a semeadura. Empregou-se delineamento de blocos casualizados, em ensaio fatorial 3 épocas de colheita x 3 períodos de armazenamento com quatro repetições. Existe dormên­cia em sementes de pimenta malagueta principalmente quando recém-armazenadas e é superada aos quatro meses de armazenamento. Sementes de pimenta malagueta devem ser colhidas no está­dio E3 quando forem comercializadas logo após o processamento e nos estádios E2 ou E3 quando armazenadas por períodos acima de quatro meses. As alterações enzimáticas são evidentes no pro­cesso de germinação e nos diferentes estádios de maturação durante o armazenamento.


Texto completo:

ARTIGO COMPLETO


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n2p187-197