Avaliação do Milho Bt Cry1Ab e Cry1F no controle de Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) em condições de campo.

André Luis Faleiros Lourenção, Marcos Gino Fernandes

Resumo


A utilização de híbridos de milho que expressam resistência ao ataque de pragas vem crescendo ano a ano no Brasil, pela necessidade de aumento de produtividade e melhoria da eficiência no controle das mesmas. Devido à ocorrência de sistemas biológicos diversos, torna-se necessário o estudo das tecnologias Bt nas várias regiões produtoras de milho no País. O presente trabalho tem por objetivo testar o controle de híbridos Bt Cry1Ab e Cry1F sobre Spodoptera frugiperda, comparar a produtivi-dade de híbridos Bt com suas isolinhas convencionais, comparar os custos de produção de híbridos transgênicos e convencionas na safra de 2008-2009, e segundas safras de 2009 e 2010, em diversos municípios do Estado de Mato Grosso do Sul. Realizaram-se avaliações visuais de dano, produtividade, estande (número de plantas por hectare) e custo de produção. Houve eficiência no controle de S. frugiperda em todos os híbridos com tecnologia Bt testados. Na maioria das vezes, houve aumento de produtividade de híbridos Bt quando comparados aos convencionais. O estande foi significativamente maior em híbridos Bt, e os custos de produção de híbridos Bt foram de 1,0 a 1,9% maiores do que os convencionais. Os benefícios da utilização da tecnologia Bt são advindos do aumento de produtividade, em alguns casos, e custos de produção semelhantes aos de híbridos convencionais.


Palavras-chave


Palavras-chave adicionais: lagarta-do-cartucho, resistência de plantas, transgênico

Texto completo:

ARTIGO COMPLETO


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2013v41n2p164-188