Caracterização de frutos e seleção de progênies de cagaiteiras (Eugenia dysenterica DC.)

Yanuzi Mara Vargas Camilo, Eli Regina Barboza de Souza, Rosângela Vera, Ronaldo Veloso Naves

Resumo


O trabalho teve como objetivo avaliar características físicas e químicas dos frutos e selecionar progênies de cagaiteiras cultivadas em Goiânia, no Estado de Goiás, na safra de 2011. O estudo foi desenvolvido em uma área da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, da Universidade Federal de Goiás (EA/UFG), em Goiânia-GO, onde, em 1998, foram implantadas 440 plantas de cagaitas oriundas de diferentes municípios do Estado de Goiás. Destas, foram selecionadas 40 plantas que se destacaram quanto à produtividade e precocidade, sendo realizadas as seguintes análises físicas e químicas: massa dos frutos e sementes, altura do fruto, diâmetro do fruto, número e massa de sementes/fruto, massa de polpa + casca e cor da casca, e rendimento de polpa, sólidos solúveis, pH, acidez titulável, umidade, cinzas, proteínas, lipídeos e carboidratos. Os frutos da cagaiteira apresentam características físicas e químicas com potencial para industrialização e contribuem com os estudos de valorização dos alimentos regionais na alimentação humana. Progênies da região de Catalão, Três Ranchos, Luziânia e Goiânia apresentam o maior número de características físicas e químicas favoráveis à industrialização dos frutos.


Texto completo:

ARTIGO COMPLETO


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/1984-5529.2014v42n1p1-10